30
jan-2009

Canais abertos devem se abrir à produção independente

Notícias   /   Tags:

A TV aberta, contrária a projetos de lei que determinam cotas obrigatórias de produção independente na programação, deverá agora se abrir mais a essas parcerias. Afinal, para isso, contará com o benefício fiscal do novo artigo e não precisará colocar a "mão no bolso".

Manoel Rangel, diretor-presidente da Ancine, defende que o Estado abra mão de parte da arrecadação para "transformar a cultura das redes, o que é complicado". "É assim em vários países. Não tenho dúvida de que esse artigo, em alguns anos, não será essencial para a TV, que verá que produção independente é bom negócio."

Presidente da Associação Brasileira de Produtoras Independentes de Televisão (ABPI-TV), Fernando Dias diz que sua expectativa é que aconteça "um aumento grande da parceria de TVs".

"Estamos sentindo já uma aproximação. Fizemos neste mês um evento com produtoras e tivemos a presença de vários canais em busca de novos projetos", conta.

0

0

 likes / 0 Comments
Share this post:

comment this post


Click on form to scroll