31
jul-2008

TV aberta e Internet são principais fontes de informação de jovens no Brasil

Notícias   /   Tags:

Pesquisa do Datafolha com jovens com idade entre 16 e 25 anos mostra como os brasileiros se relacionam com a informação.

A TV aberta é a principal fonte de informação para jovens entre 16 e 25 anos no Brasil, mas a diferença em relação à Internet é cada vez menor, revela pesquisa do instituto Datafolha, divulgada nesta quarta-feira (30/7).

Citada por 33% dos jovens como o meio de comunicação que mais utilizam com freqüência em primeiro lugar para se manterem informados, a TV aberta tem uma diferença bem pequena em relação à Internet, que é citada por 26% como meio de comunicação utilizado primeiramente

Vêm a seguir, empatados, jornais (citados por 19%) e rádio (16%). Revistas (3%) e TV por assinatura (2%) completam a lista.

Foram entrevistados 1.541 jovens, em 168 municípios de 24 Unidades da Federação e no Distrito Federal, nos dias 1 e 2 de abril de 2008. A margem de erro máxima, para os resultados que se referem ao total de entrevistados, é de três pontos percentuais, para mais ou para menos.

Entre os jovens que têm 16 e 17 anos, e entre os que têm de 18 a 21 anos, TV aberta e Internet empatam. No extrato mais jovem, ambos os meios atingem 30% das preferências.

No segmento de 18 a 21 anos, 32% citam primeiramente a TV e 29% preferem a Internet. Entre os que têm de 22 a 25 anos, a TV aberta é citada por 35%, e ocorre empate entre Internet (20%) e jornais (23%).

Renda

A Internet fica em primeiro lugar na preferência dos entrevistados que têm renda familiar mensal entre 5 e 10 salários mínimos (43%) e acima de 10 salários mínimos (48%), entre os que têm escolaridade superior (47%) e entre os que fazem parte das classes A e B (43%).

Já entre os que ganham até 2 salários mínimos por mês, a taxa dos que citam a TV aberta como principal fonte de informação chega a 41%, e o rádio atinge 22% das menções, percentual 6 pontos acima da média, que representa o dobro da taxa obtida pela Internet (11%) e próxima da obtida pelos jornais (20%).

Hábitos

Os hábitos mais freqüentes dos jovens que costumam utilizar a Internet são acessar sites de relacionamento, como Orkut, MySpace e Facebook (81%), ler notícias (79%), trocar mensagens instantâneas e ler emails (76%, cada). A maioria também costuma fazer pesquisas para a escola, baixar músicas (61%, cada) e assistir vídeos (58%).

Têm o costume de freqüentar salas de bate-papo 43%; a maioria (57%) não têm esse hábito. Fazem pesquisas para o trabalho (37%), lêem blogs (32%), baixam filmes (23%) e escrevem em blogs (19%).

Downloads

Os entrevistados que costumam baixar músicas na Internet fizeram, em média, 25,5 downloads no último mês. Essa média é maior entre os homens (39%) do que entre as mulheres (11,5%). Entre os homens com idade entre 22 a 25 anos a média chega a 43,1. Entre os que têm renda familiar mensal acima de 10 salários mínimos a média de músicas baixadas é 43,7.

Apenas 16% dos que costumam baixar músicas na Internet afirmam que já pagaram por isso, enquanto 83% nunca pagaram por nenhuma música que baixaram.

0

0

 likes / 0 Comments
Share this post:

comment this post


Click on form to scroll