29
out-2007

Brasil tem uma das mais altas tarifas das Américas para serviços pré-pagos

Notícias   /   Tags:

Estudo comparativo feito pela consultoria Signals aponta o Brasil como um dos países com a mais alta tarifa nos serviços móveis. O preço das mensagens de texto (SMS) enviadas por celulares pré-pagos, por exemplo, chega a ser três vezes mais alto do que em países vizinhos. No Brasil, oscila entre US$ 0,15 e US$ 0,19, enquanto é de US$ 0,05 na Argentina e de US$ 0,04 no Uruguai. “Isto explica porque estes serviços não têm grande aceitação no mercado brasileiro e existe um uso mínimo em comparação com outros países da América latina”, conclui o analista Diego Bubillo.

A situação se repete nas tarifas cobradas pelas chamadas realizadas a partir de celulares pré-pagos. Em média, uma ligação “on net” no pré-pago custa US$ 0,26 na Argentina, US$ 0,14 no Chile e US$ 0,35 no Peru. No Brasil, o custo médio sobe para US$ 0,60. O estudo faz a ressalva que a comparação em dólar sai prejudicada pelo fato de o real estar valorizando em relação ao dólar.

O preço das tarifas tem reflexo direto no tráfego de minutos por cliente, medido pelo indicador de minutos de uso (MOU). Os números da América Móvil citados pela Signal Consulting mostram que no México o indicador fica em 130, enquanto no Brasil, a Claro ostenta 70. O mesmo pode ser verificado nas operadoras do grupo Telefónica: no México, ela ostenta um MOU de 142, caindo para 77 no Brasil, com a Vivo.

0

0

 likes / 0 Comments
Share this post:

comment this post


Click on form to scroll