27
set-2007

Record News ameaça ir à Justiça contra Net

Curtas   /  

O canal de notícias Record News entra no ar hoje, às 20h, ameaçando travar uma batalha judicial contra a Net Serviços, maior operadora de TV paga do país. Sócia da Net, a Globo tem poder de veto sobre os canais nacionais que ela carrega. Formalmente, a Record News é a nova denominação comercial da Rede Mulher, emissora em UHF da Igreja Universal. A Rede Mulher tem contrato com a Net para ser distribuída no cabo em São Paulo, no canal 93. Por lei, a Net não é obrigada a carregar a Rede Mulher, porque seu sinal em São Paulo é de retransmissora. Segundo a Record, o contrato da Net com a Rede Mulher não prevê rescisão no caso de a emissora mudar de nome e de programação, como agora.

No último dia 24, a Net enviou pedido de informações à Rede Mulher. Para a Record, a carta insinua que o sinal será cortado assim que virar Record News. 'A gentesabe que o motivo [do corte] é a concorrência com o canal de notícias da Globo', diz Alexandre Raposo, presidente da Record. A Net afirma que a 'situação [da Rede Mulher/Record News] está indefinida'. A operadora informa que até ontem não tinha sido procurada 'oficialmente' paraconversar sobre a mudança, o que a Record nega _diz que tenta uma reunião há mais de um mês.

A Record News será aberta (em São Paulo, canal 42) e paga (está confirmada na TVA).

As informações são de Daniel Castro, da Folha de São Paulo.

0

0

 likes / 0 Comments
Share this post:

comment this post


Click on form to scroll