26
fev-2007

África do Sul aprova plano para adotar Linux

Notícias   /   Tags:

SÃO PAULO – O parlamento da África do Sul aprovou uma nova lei que determina a adoção de software livre pelo governo local.

O ministro das comunicações do país, Themba Maseko, afirmou que seu governo vai sancionar a lei e inicia a migração de toda infra-estrutura de TI governamental de plataformas proprietárias para o uso de software livre.

Maseko afirmou que a lei terá um impacto positivo na economia local e sugeriu que outras nações sul-africanas sigam o modelo.

O governo sul-africano avalia que a medida vai diminuir a dependência tecnológica da África de países desenvolvidos, diminuir os gastos do Estado com licenças e fomentar uma indústria nacional de produção de software.

Maseko anunciou, no entanto, que o processo de migração poderá levar até dois anos. O tempo é necessário para garantir estabilidade na mudança de uma plataforma para outra. Escritórios do governo, escolas públicas, universidades e empresas estatais vão participar do plano. O ministro não descarta a manutenção de software proprietário em projetos pontuais, onde as alternativas oferecidas pelo software livre não se mostrarem suficientemente maduras.

O governo da África do Sul divulgou ainda que vai incentivar os integradores do país a vender PCs com distribuições Linux, a fim de criar uma cultura de software livre também entre os usuários finais no país e não somente em repartições públicas.

0

0

 likes / 0 Comments
Share this post:

comment this post


Click on form to scroll